PRAIA DE ITAPARICA,VILA VELHA ,ES,BR

PRAIA DE ITAPARICA,VILA VELHA ,ES,BR
ENTARDECER NA PRAIA DE ITAPARICA,VILA VELHA,ES,BR

SERGIO DE MATOS Headline Animator

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

A RAINHA DO ACARAJÉ .SUA NOVA NOVELA DAS 22 HORAS

 A RAINHA DO ACARAJÉ
SUA NOVA NOVELA DAS 22 HORAS 
CORRUPÇÃO
 ,VIOLÊNCIA
,SEXO,
LUXÚRIA
,SODOMIA
ORGIAS,
TUDO EM UMA TRAMA SINISTRA
PARA ROUBAR O POVO DO BRASIL.
ESTRELANDO 
A SAPATOSA DILMA VANNA ROUSSEFF
 E GRANDE ELENCO  
DE SAFADOS DO PT E SEUS ALIADOS
AS CENAS DOS PRÓXIMOS CAPÍTULOS
DIREÇÃO: LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA
PRODUÇÃO: PT SAUDAÇÕES 
TOTALMENTE FINANCIADA PELA LEI ROIENER
BNDES,PETROBRAS E ZICA VÍRUS PRODUCION


Ano XI - 24 de Fevereiro de 2016

Homem de confiança
O Planalto está preocupado com a decretação da prisão de João Santana
 e de sua mulher Monica Moura. Ele tem contas em vários países,
que funcionam independentemente, umas das outras. A Lava-Jato
 vai concentrar esforços em cima da conta da Suíça.
 O que incomoda, especialmente a Dilma Rousseff,
é o fato de Santana ser um homem de sua total confiança,
a quem sempre recorreu, fora de campanhas, a anuncio de medidas
e pronunciamentos pela TV. Com ele, conversa abertamente
e foi com ele que combinou as promessas da campanha,
 onde Santana sempre tinha maior poder de decisão
(por causa disso, Franklin Martins foi afastado).
De fora
Se forem comprovadas remessas ilícitas de dinheiro de propinas
da Petrobrás para contas de Santana, mesmo a presidente Dilma Rousseff
garantindo que sempre “esteve de fora” dessa área, que tudo corria
por conta de assessores da campanha (o tesoureiro em 2014 era Edinho Silva)
, a Chefe do Governo será envolvida justamente pela relação de confiança com o baiano
, incluindo promessas de campanha, que a oposição caracterizou como “estelionato eleitoral”.
Consultor
O ex-tesoureiro da campanha de Dilma e atual ministro
da Secretaria de Comunicação da Presidencia, Edinho Silva a pedido de Dilma,
vem consultando João Santana sobre qualquer ação de propaganda do governo.
As ações sobre a recriação da CPMF e até as peças publicitárias sobre
 os Jogos Olímpicos foram apresentadas previamente ao marqueteiro que,
 nesse período, vem funcionando como um consultor informal,
 ou seja, sem contrato. Esse esquema reforça a tese da confiança
 absoluta que a Chefe do Governo deposita em Santana.
Rede amiga
O marqueteiro João Santana, de acordo com e-mails interceptados
 pela Policia Federal, mantinha rede de blogueiros e site amigos para defender
o governo. Quem fazia essa ligação, supostamente, era Paulo Figueiredo,
 da A4&Holofote Comunicação. Também Leonardo Attuch, do Brasil1247,
estaria incluído nesse grupo e muitos e-mails trocados tinham
 cópia para Eduardo Oinegue e até mesmo para Thomas Traumann,
ex-ministro da Comunicação.
Projeto Down
Pressão Lula
Durante todo o ano passado e incluindo agora, quando atravessa momento
 em que denuncias desabam sobre ele e seus familiares –
e a matéria de capa de Veja deixou Lula mais tenso ainda –
o ex-presidente petista queria que João Santana fosse contratado novamente
 para agir em diversas frentes do governo –
ou supostamente, fora dele, quando acompanharia o período das investigações
 sobre o ex-chefe do Governo. Só que Lula reconhecia:
“O João Santana cobra muito caro”.
Um e outro
Duda Mendonça perdeu muito espaço depois do episodio do mensalão
 para o ex-pupilo João Santana. E nunca conseguiu ganhar o que ele cobra para campanhas
 (R$ 89 milhões foi o valor dos serviços para a campanha de reeleição de Dilma em 2014)
. Em 2002, Duda conseguiu fechar um pacote de R$ 25 milhões
 para fazer as campanhas de Lula à Presidencia, de José Genoino
 a governador (SP) e Benedita da Silva (RJ) e a do senador Aloizio Mercadante (SP).
 Na época, o PT ficou lhe devendo R$ 11,5 milhões.
 Em 2003, para receber o resto (e recebeu apenas R$ 10,5 milhões)
abriu a famosa conta no Caribe.
Origem
A Lava-Jato começou a investigar João Santana a partir de anotações
encontradas no celular de Marcelo Odebrecht, preso há nove meses,
na 14ª fase da operação. Ele enviava uma mensagem a um executivo, alertando:
 “Dizer do risco da cta Suíça chegar na campanha dela”.
 A partir daí, foram iniciadas as investigações para rastrear
contas no exterior que teriam o marqueteiro como destinatário
. Mais: em outra mensagem de Marcelo, surge o codinome Feira,
identificado depois como sendo de João Santana.
No passado
Para quem tem memória curta: João Santana como jornalista,
antes de virar marqueteiro, participou do impeachment de Fernando Collor
 com a reportagem Eriberto, testemunha-chave.
Ele dirigia a sucursal de IstoÉ em Brasília e ganhou o prêmio
Esso de Reportagem em 1992,
 junto com os jornalistas Augusto Fonseca e Mino Pedrosa.
Outro João
A oposição vai tentar passar os próximos dias lembrando que,
 malgrado o tesoureiro oficial da campanha de 2014 fosse Edinho Silva,
 o marqueteiro João Santana também teria tido ligações
 com o tesoureiro nacional do PT, João Vaccari Neto,
 já condenado a 15 anos e quatro meses por esquema de corrupção.
Se comprovada qualquer ligação, reforçaria a tese do impeachment e das ações do TSE.





Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...