PRAIA DE ITAPARICA,VILA VELHA ,ES,BR

PRAIA DE ITAPARICA,VILA VELHA ,ES,BR
ENTARDECER NA PRAIA DE ITAPARICA,VILA VELHA,ES,BR

SERGIO DE MATOS Headline Animator

sábado, 28 de fevereiro de 2015

COMO GANHAR AS ELEIÇÕES NO BRASIL...VAMOS FUDER COM A DILMA

SE METADE DISSO FOR VERDADE,
 ESTAMOS BEM PIOR DO QUE TODOS PENSAM
REPASSO. . .

>> GENTE NÃO ESTOU A
CREDITANDO... 
SE REALMENTE ISSO ACONTECEU NO BRASIL, 
 ESSAS PESSOAS ENVOLVIDAS PRECISAM SER CONDENADAS A PRISÃO PERPÉTUA..
.JUNTO COM OS DEMAIS PRISIONEIROS DO BRASIL... NÃO PODE SER PRISÃO DOMICILIAR...
> ELEIÇÕES 2014 DIVULGADO O ESCÂNDALO QUE TODO MUNDO SUSPEITAVA!
>> Talvez, isso explique a razão de Marina Silva ter declarado a seguinte frase:
> Se as pessoas soubessem o que aconteceu nas Eleiçoes de 2014,
 ficariam enojadas!.
>> Todos os anti-nazistas ficaram chocados e tristes por assistir a maneira como o Aécio perdeu as Eleições. Não deveriam.
>> O que está exposto abaixo é a notícia em primeira mão que está sendo investigada por rádios e jornais de todo o Brasil e alguns estrangeiros, mais especificamente Wall Street Journal of Americas e a VEJA e deve sair na mídia em breve, assim que as provas forem colhidas e confirmarem os fatos.
>> Fato comprovado:
>> O PT COMPROU e VIOLOU as URNAS ELETRÔNICAS. Alguns ministros, Deputados do PT e a Presidenta Dilma foram avisados, às 08:00 do dia 04 de setembro(1 mês antes das eleições), em uma reunião de emergência envolvendo o Sr. José Inácio Lula da Silva (na única vez que o ex-Presidente compareceu a uma reunião no  TSE), a Presidenta Dilma, o Ministro José Dias Tofolli,  o Sr. José Maduro  Presidente da Venezuela, O Sr Gilberto Carvalho,  e o Sr. Ronald Rhovald, representante da OAS. Membros do staff da Presidenta e os e ministros permaneceram em isolamento, em seus quartos ou no lobby do hotel.
> A princípio muito contrariado, o Ministro Tofolli se recusou a violar as urnas eletrônicas por um grande valor em dinheiro. A aceitação veio através do pagamento total de US$7.000.000,00 mais um bônus de US$4.000.000,00 para todos os integrantes da alta corte do TSE , num total de US$ 35.000.000,00 trinta e cinco milhões de dólares) através da empresa OAS.
>> Além disso, cada um dos sete Ministros aceitou um depósito mensal numa off shore nas Maldívias pelos próximos 4 anos nas mesmas
>>> Mesmo assim, o Ministro Luiz Fux se recusou, o que obrigou Lula a afastá-lo e colocar o Ministro substituto Teori Zavascky em seu lugar, dizendo que Fux estava com problemas simples nas costas (em primeira notícia divulgada às 15:30 no centro de imprensa).
>> A sua situação só foi resolvida após o representante da OAS ameaçar denunciar propina paga anos antes para o Ministro, no valor de US$ 30.000 e ainda lhe garantir um depósito vitalício , no valor de US$90.000.,00 (noventa mil dólares) ao longo da sua carreira.
>> Assim, combinou-se que o Aécio seria derrotado 
durante a apuração das urnas do Nordeste, 
porém a apatia que se abateu sobre a militância psdbista ante 
os resultados das pesquisas do IBOPE (também compradas) 
fez com que Aécio perdesse também em Minas Gerais 
e em Pernambuco,
 sem que absolutamente nenhuma violação àquelas urnas fossem feitas.
>> O Sr. Fidel Castro, presidente de Cuba,
 aplaudiu a colaboração dos Ministros  brasileiros, 
uma vez que a vitória de Dilma trouxe equilíbrio à América do Sul 
num momento de crise jamais registrada naquela região,
 com crescente xenofobia e o reaparecimento do neoliberalismo.
Garantiu, também, a Lula, através de seu filho, Lulinha, 
que o seu pai teria seu caminho facilitado para ser Presidente em 2018.
> Passem esta mensagem para o maior número possível de pessoas,
 para que todos possam conhecer a sujeira que ronda a política!

SABOREIE A FELICIDADE

Saboreie a Felicidade

Edição 2256 - Publicado em 31/Dezembro/2014 - Página D2
DA REDAÇÃO
FELICIDADE é a fé. Essa é a conclusão do budismo. Por quê?
 Porque a fé é interna, não depende das circunstâncias.
 Fé forte significa felicidade abundante e constante.
Nada mais natural que o budismo estimule o fortalecimento e o incremento constante da fé.
Outra vantagem: a fé, se construída numa base sólida, faz das situações externas o tempero da felicidade.
O objetivo do budismo é que sua vida interna seja rica,
intensa e o liberte das circunstâncias externas.
 Em tempos bons ou ruins, uma pessoa de fé mantém intacto
o bem-estar interior e com essa energia muda qualquer situação para melhor.
 Isso acontece porque ela cultiva um estado mental autônomo,
 abundante em riquezas espirituais.
Como ensinado no budismo, fé firme é o “tesouro do coração”,
 composto, além de tudo, de excelente caráter.
Uma pessoa de fé forte tem consciência da própria vida e usufrui de cada momento,
 seja ele positivo, seja ele negativo.
Gente de fé vence o ambiente externo porque seu mundo interno
 é uma montanha de otimismo e alegria.
 O presidente Ikeda afirma que “ter fé é viver fiel a nós mesmos,
como somos, e manifestar um estado em que dizemos sinceramente:
‘Ah!, sinto a verdadeira satisfação’, ‘Minha vida é uma grande vitória’. Isto sim é ‘paz e felicidade’” (BS, ed. 1.447, 7 fev. 1998, p. 3).

Presidente Ikeda ensina a receita para ser feliz


Um excelente chef de cozinha sabe que comida boa começa com ingredientes certos,
 escolhidos a dedo, de qualidade.
Quando o assunto é felicidade, eles devem ser colhidos dentro de você.
 Quem é feliz por dentro é feliz por fora; e ser feliz por dentro é ter fé.
 O presidente da SGI, Dr. Daisaku Ikeda, propõe seis itens da felicidade:
satisfação, profunda filosofia, forte convicção, alegria e entusiasmo, coragem e tolerância.

1. Satisfação


É viver feliz e exultante todos os dias, com sensação da tarefa cumprida e senso de profunda realização. É uma satisfação mental inconfundível.
No budismo, começamos o dia diante do Gohonzon recitando gongyo e daimoku;
esse ato por si só é “um profundo senso de contentamento nas profundezas do nosso ser que nada pode ultrapassar”, afirma o presidente Ikeda.
 A manhã de um membro da SGI é banhada pelo sol revigorante
do gongyo e do daimoku e se fosse só por esse fato nossa vida seria
plenamente satisfatória.

2. Profunda filosofia


Pessoa feliz tem filosofia profunda e valorosa.
Traduzimos em ações a filosofia da dignidade da vida ensinada no Budismo de Nichiren Daishonin. Mesmo em meio a dificuldades pessoais recitamos daimoku
e agimos energicamente pela felicidade das pessoas,
 nos empenhamos em organizar e executar atividades pelo kossen-rufu, nossos problemas são incentivo às pessoas além de impulso para a prosperidade da sociedade.
 Essa maneira de viver está embasada numa profunda filosofia e nada gera mais bem-estar e felicidade.

3. Convicção


Ser feliz é ter forte confiança no que acredita e distinguir claramente o bem do mal,
 o certo do errado. Convicção é ter inabalável força mental
para manter-se no caminho que escolheu. No budismo, vivemos por um bem maior —
 o kosen-rufu, a felicidade de si e de todos ao redor;
 temos firmeza de propósito e não nos desviamos dessa rota nem por tentações nem por ameaças.
A base dessa força é o brado de Daishonin:
“Mesmo que os deuses me abandonem
e todas as espécies de dificuldades me ocorram, ainda assim darei minha vida pela Lei”.

4. Alegria e entusiasmo


É feliz quem vive sempre de forma positiva e com entusiasmo.
 Quem é alegre e bem-humorado eleva o ânimo e faz brilhar o coração de todos com quem se encontra. No budismo, a prática da fé torna a personalidade radiante porque manifesta arrojo, sabedoria e alegria e esses três conduzem à felicidade.
 Inclusive há discernimento para não permitir que ninguém tire vantagem da nossa boa natureza. Aprendemos a direcionar tudo de forma positiva,
 encarando as coisas pela melhor perspectiva sem nunca, é claro, tirar os olhos da realidade.

5. Coragem


A coragem é a energia que supera tudo. Os covardes falham em saborear as verdadeiras e profundas alegrias da vida. No budismo, “a fé na Lei Mística possibilita-nos criar e desenvolver a força interior ao máximo. Eis por que ter uma fé corajosa é tão importante. Não vamos saborear a verdadeira força benéfica da Lei Mística se não tivermos coragem” (BS, ed. 2.002. 5 set. 2009, p. A2).

6. Tolerância


Ser feliz é ser tolerante, ter mente aberta a ponto de deixar as pessoas ao redor confortáveis, tranquilas. Pessoas rígidas e intolerantes que criticam as demais pelas menores coisas ou fazem estardalhaço todas as vezes que surgem problemas apenas cansam e inspiram medo.
 No budismo, praticamos constantemente o shakubuku, o ato de maior tolerância e compaixão que, além de tudo, traz a prosperidade social.

Felicidade é força mental


A proposta budista é interessante porque os ingredientes da felicidade são internos;
 portanto, nunca haverá escassez.
Ao analisar com acuidade, nota-se que todos eles se referem a forças vitais, mentais.
 Uma vez que estamos vivos, temos todos esses ingredientes em nosso ser.
 Salsinha, cebolinha, peixe, coentro e pimenta são adquiridos fora.
Mas os seis citados pelo presidente Ikeda são internos e os temos em abundância.
Como obtê-los? Por meio da prática budista!
Ele mesmo afirma que “todos [os itens citados acima] estão definitivamente expressos pela simples palavra ‘fé’. Uma vida baseada na fé é uma vida de insuperável alegria”
 (BS, ed. 2.227, 17 maio 2014, p. B1).
Felicidade é usufruir desses ingredientes a cada momento
 e usá-los para o cotidiano ficar saboroso, repleto de benefícios e boa sorte.

Editora Brasil Seikyo Ltda.

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

CONVOCAÇÃO GERAL...

FORA DILMA E LEVE O PETISMO COM VOÇÊ
DIA 15 /02/2015 NA PRAÇA DO PAPA ENSEADA DO SUÁ VITÓRIA, ES, BR
A FALÊNCIA DA PETROBRAS Ações da Petrobras acumulam queda de 75% nos últimos cinco anos…
Com tamanha queda, as ações da Petrobras estão baratas?
Sob o ponto de vista histórico sim. Negociam na casa de 0,3x
o valor patrimonial da empresa.
O problema é que nada impede ações baratas de ficarem ainda mais baratas,
 e, no momento, somam-se fatores negativos para agravar a trajetória de queda das cotações:
Não se sabe o tamanho do rombo na empresa ocasionado pelo esquema de corrupção;
enquanto não se souber isso, não há parecer de auditores e divulgação de balanços

 pela empresa, que está inadimplente de resultados
 (investidores no escuro quanto aos números da companhia)
enquanto não há divulgação de resultados, a companhia fecha 

a janela para captações no mercado e corre risco de novo rebaixamento 
em sua classificação de risco pelas agências de rating;
Então vale a pena comprar as ações de Petobras agora?
Respondemos a esta pergunta em nosso relatório gratuito completo,

 contendo ainda mais dados sobre a situação atual da Petrobras,
 que você poderá ler imediatamente ao cadastrar seu endereço de email abaixo.
Forte Abraço,

EQUIPE EMPIRICUS

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

O PT quer evitar CPI BNDES by @ReinaldoAzevedo - @RachelSherazade



DIA 15 DE MARÇO DE 2015 -
PRAÇA DO PAPA AS 17 HORAS,ENSEADA DO SUÁ
,VITÓRIA ES BRASIL
O DIA DO VERGONHAÇO!
Se você sente vergonha da corrupção no nosso Brasil,
organize-se em sua capital e participe de modo pacífico


 manifestando sua indignação.

Qualquer FDP, medíocre, alienado e/ou pago para alienação 


da massa de
manobra consegue levar milhões de pessoas às ruas


 para gritarem e se
prestarem ao ridículo, 


como foi o último "beijaço" promovido por aquela
da vagina do tamanho


 de uma vaca, conhecida como Preta Gil 

que conseguiu
350 mil alienados, berrando e se estrebuchando feito animal irracional.

O povo está sendo enganado, lesado, surrupiado, roubado -


 humilhado em
seus direitos de cidadão e em sua consciência,


 pagando com seus impostos
os ladrões que nos assaltam 


e nosso povo nada faz, continuam a caminhar
como um rebanho adormecido..


.É de se lamentar tamanha pasmaceira.

Essa tropa de ocupação petralha tem produzido os maiores 


escândalos da
história brasileira, 


quebrado empresas brasileiras como é o caso da
Petrobrás, 


escândalo este de repercussão internacional, que vem sendo

 investigado pelos EUA que já começou a processar os ladrões.

 Ainda não
se sabe da situação da Eletrobrás,


 BNDES e Caixa Econômica Federal, 

mas
esses escândalos estão pertinho de estourar.
O povo incauto
desconhece as falcatruas nos programas sociais -


 Bolsa Família, Minha
Casa, Minha Vida, Prouni e 


Fies que serviram para dar pouco e roubar
muito.
Hoje proporemos a promoção do VERGONHAÇO - 


você cidadão
brasileiro que paga impostos, que se levanta ao raiar do dia para ganhar


 o pão de cada dia para alimentar a sua família está convocado para uma
verdadeira manifestação no dia 15 DE MARÇO DE 2015 CONTRA ESSES BANDIDOS
QUE SE ACHAM DONOS DO BRASIL - VENHAM, PARTICIPEM, CONVIDEM SEUS
PARENTES E AMIGOS - É HORA DE SE INDIGNAR E IMPEDIR QUE CONTINUEM A NOS
CONDUZIR 


COMO UMA MANADA DE BOVINOS.

PT já tem a RECEITA para destruir DILMA !!! by Reinaldo Azevedo - @Rache...

DIA 15 DE MARÇO DE 2015 -
PRAÇA DO PAPA AS 17 HORAS,ENSEADA DO SUÁ
,VITÓRIA ES BRASIL
O DIA DO VERGONHAÇO!
Se você sente vergonha da corrupção no nosso Brasil,
organize-se em sua capital e participe de modo pacífico manifestando sua indignação.

Qualquer FDP, medíocre, alienado e/ou pago para alienação da massa de
manobra


 consegue levar milhões de pessoas às ruas para gritarem e se
prestarem ao ridículo,


 como foi o último "beijaço" promovido por aquela
da vagina do tamanho de uma vaca,


 conhecida como Preta Gil que conseguiu
350 mil alienados, 


berrando e se estrebuchando feito animal irracional.

O povo está sendo enganado, lesado, surrupiado, roubado -


 humilhado em
seus direitos de cidadão e em sua consciência,


 pagando com seus impostos
os ladrões que nos assaltam e nosso povo nada faz


, continuam a caminhar
como um rebanho adormecido..


.É de se lamentar tamanha pasmaceira.

Essa tropa de ocupação petralha tem produzido os maiores escândalos 


da
história brasileira, quebrado empresas brasileiras como é o caso da
Petrobrás,


 escândalo este de repercussão internacional, que vem sendo
investigado pelos EUA


 que já começou a processar os ladrões. 

Ainda não
se sabe da situação da Eletrobrás,


 BNDES e Caixa Econômica Federal, mas
esses escândalos estão pertinho de estourar.
O povo incauto
desconhece as falcatruas nos programas sociais 


- Bolsa Família, Minha
Casa, Minha Vida, Prouni e Fies que serviram 


para dar pouco e roubar
muito.
Hoje proporemos a promoção do VERGONHAÇO -


 você cidadão
brasileiro que paga impostos, que se levanta ao raiar do dia 


para ganhar
o pão de cada dia para alimentar a sua família 


está convocado para uma
verdadeira manifestação 


no dia 15 DE MARÇO DE 2015 CONTRA ESSES BANDIDOS
QUE SE ACHAM DONOS DO BRASIL - VENHAM, PARTICIPEM, CONVIDEM


 SEUS
PARENTES E AMIGOS - É HORA DE SE INDIGNAR E IMPEDIR QUE CONTINUEM A NOS
CONDUZIR COMO UMA MANADA DE BOVINOS.

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

..A PROVA DOCUMENTAL..O Fim do Brasil - O Segundo Mandato



O FIM ..

A PROVA DOCUMENTAL.

.COMPARTILHEM NO MUNDO


 COMPARTILHEM NO MUNDO

VEJAM AQUI ESTA MARAVILHOSA TESE

 SOBRE O FIM DO BRASIL .

COMO É MUITO GRANDE

RESOLVI PUBLICAR O ENDEREÇO.

RESERVEM E GUARDEM PARA POSTERIDADE

ESTA É UM PROVA DOCUMENTAL

 DE COMO O PETISMO ACABOU COM O BRASIL




O FIM ..A PROVA DOCUMENTAL..COMPARTILHEM NO MUNDO

 COMPARTILHEM NO MUNDO
VEJAM AQUI ESTA MARAVILHOSA TESE
 SOBRE O FIM DO BRASIL .
COMO É MUITO GRANDE
RESOLVI PUBLICAR O ENDEREÇO.
RESERVEM E GUARDEM PARA POSTERIDADE
ESTA É UM PROVA DOCUMENTAL
 DE COMO O PETISMO ACABOU COM O BRASIL
BY
https://www.youtube.com/watch?v=-PThz19xTA0
https://www.youtube.com/watch?v=wU-Q-3XMSgE&list=PLvjvRuk_jw5JPvkL6A9lc08D41cs1e5g-
http://www.empiricus.com.br
BY EMPIRICUS...www.empiricus.com.br.
http://www.empiricus.com.br/fdb2/?key=9cc9ad86-1f52-4364-a06c-39c16595bd07&utm_source=empiricus&utm_medium=gauntlet&utm_campaign=empiricus-gauntlet-investimentos2015_01-relatorio-pdf-copy-fdb2

terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

LULA - Movimento Dos SEM VERGONHA !! by @ReinaldoAzevedo - @RachelSherazade

LULA O DEFENSOR DA CORRUPÇÃO

O BABALORICHÁ DO MAL DA CORRUPÇÃO

 O MESTRE DA SAPATONA

 LADRA DILMA VANNA ROUSSEFF

A BURGUESIA PETISTA DEVASTA O BRASIL

VEJAM AQUI

.O CAFETÃO ..BENDINE AGENCIAVA VAL PARA DILMA PEGAR...Bendine levou amiga em missão do BB @VillaMarcovilla - @RachelSherazade

 O CAFETÃO

BENDINE AGENCIAVA 

VAL MACHIORI PARA DILMA

 A CAFETINAGEM DE BENDINE



A CORTE DA SAPATONA DILMA E O CAFETÃO BENDINE

.AMIGA DA CORTE CORTESÃ VAL MACHIORI...

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

DILMA ESTA CONVOCANDO A TODOS PARA ESTAREM NAS RUAS DIA 15 /03 /2015 PARA DEFENDEREM O IMPEACHMENT DELA

23/02/2015
às 4:45
DILMA ESTA CONVOCANDO A TODOS PARA
 ESTAREM NAS RUAS DIA 15 /03 /2015 PARA 
DEFENDEREM O IMPEACHMENT DELA

Planalto dá como certo que protesto do dia 15 de março será gigante; por enquanto, a ordem dada ao PT é evitar o confronto com manifestantes. Um pouco de juízo não faz mal a ninguém!

O petismo acompanha com lupa a convocação nas redes sociais 
para os protestos em favor do impeachment da presidente Dilma Rousseff, 
marcados para o dia 15 de março em várias cidades do país. 
O Planalto já dá como certo que haverá, sim, grandes manifestações,
 especialmente em São Paulo e Rio. 
Os mais pessimistas preveem que os atos possam levar até um milhão
 de pessoas às ruas Brasil afora. 
Dilma está perplexa, mas ainda não perdeu de todo o juízo, 
apesar da entrevista concedida na sexta-feira. 
Em princípio, o governo dirá que a democracia comporta manifestações 
de descontentamento e coisa e tal.
Caberá ao PT acusar de “golpistas” os promotores do evento.
 Intramuros, os petistas admitem que estão perdendo a guerra 
nas redes sociais e constatam que seus tradicionais propagandistas na subimprensa,
 reunidos sob a alcunha de “blogs sujos” —
 todos financiados, direta ou indiretamente, por dinheiro público —
, perderam influência. 
Algumas páginas são hoje bastante comentadas, 
sim, mas porque viraram motivo de chacota.
 São tomadas por aquilo que são: uma caricatura de jornalismo.
Na raiz de tudo, está, é evidente, a corrupção da Petrobras.
 Eis um caso que pegou.
 E que continuará na lista de insultos ao povo brasileiro
 até que os responsáveis sejam punidos.
 O que preocupa os magos do governo é que a fase do desgaste 
propriamente político ainda vai começar. 
Mesmo que surjam nomes da oposição no rolo,
 como adiantou a um advogado de empreiteira o ministro José Eduardo Cardozo,
 o PT e o governo continuarão a ocupar o centro do palco.
O partido chegou a pensar, sim, em fazer a contramanifestação,
 no melhor estilo das milícias chavistas, tentando disputar espaço
 com os que vão às ruas cobrar o impeachment de Dilma, mas desistiu. 
Prevaleceu, o que não costuma ser regra por lá, o bom senso:
 o comando do partido percebeu que poucos estariam dispostos 
a fazer uma marcha que poderia se confundir com a apologia da impunidade e do crime.
Gente do próprio entorno de Dilma desestimulou a contramarcha.
 Alertou-se para o risco de confronto, o que, fatalmente, 
elevaria a temperatura da crise, que, até agora ao menos,
 não chegou às ruas de forma mais evidente.
 O partido não descarta manifestações de apoio à governanta, 
mas não no mesmo dia em que milhares podem ir à praça
 expressar seu descontentamento com o partido.
E por que os planaltinos fazem uma previsão tão pessimista para o governo? 
Uma fonte do Palácio diz que eles aprenderam algumas 
lições com as manifestações de 2013. Embora o motivo original 
fosse a precariedade do transporte público, outras demandas se juntaram
, outros descontentamentos foram se somando. 
E, convenham, a realidade, então, era bem outra, bem mais favorável a Dilma.
O país crescia mais, a inflação era menor, não se conheciam
 os descalabros da Petrobras, e, atenção!, 84% (segundo o Datafolha) 
diziam que a gestão Dilma era ótima ou boa. 
Hoje, depois de tudo, apenas 23% afirmam a mesma coisa —
 espantosos 61 pontos a menos. 
O país começa a viver, provavelmente, o seu segundo ano de recessão,
 a inflação estourou o teto da meta, a tarifa de energia elétrica
 teve um reajuste brutal, os brasileiros não aguentam mais ouvir falar em escândalos,
 e é evidente que Dilma deu um beiço nos brasileiros na disputa do ano passado.
 Prometeu alhos e vai entregar bugalhos.
O que deixa os politicólogos de Dilma aflitos é não enxergar o fio da meada.
 A presidente deve voltar a viajar, tentando cair no colo das massas —
 de massas devidamente selecionadas e controladas, claro!, 
especialmente no Nordeste. Sairá por aí distribuindo algumas
 casinhas do “Minha Casa Minha Vida”, tentando retomar a agenda positiva.
 Mas, admite-se por lá, a coisa está difícil.
Resume um interlocutor: “Em 2012, a ideia da faxina foi positiva para o governo;
 a própria Dilma a explorou. A coisa era diferente.
 As denúncias vinham sobretudo da imprensa e, na maioria das vezes, 
não havia muito mais do que se denunciava, 
e a presidente podia fazer intervenções pontuais e sair ganhando politicamente.
 Agora, não. Esse negócio da Petrobras virou um saco sem fundo…
 A única coisa que a gente sabe é que hoje é pior do que ontem
 e melhor do que amanhã”. E ele admite: “A gente não consegue respirar”.
Bem, convém que não falte ao menos juízo onde faltam talento e competência.
 Tenham as pessoas a opinião que for sobre o impeachment —
 já que, suspeito, não ocorre a ninguém contestar o direito à livre manifestação,
 desde que dentro da lei e da ordem —, 
a tarefa número um de governantes é atuar para amenizar riscos, 
não para extremá-los. E, havendo alguém interessado em, digamos, 
desmobilizar os espíritos, é prudente que aconselhe a presidente 
a não conceder novas entrevistas como a de sexta-feira. 
Afinal, não fica bem a própria Dilma ser a principal incitadora
 de uma manifestação que pede o seu impeachment.
Texto publicado originalmente às 3h15
 
Por Reinaldo Azevedo
DILMA ESTA CONVOCANDO A TODOS PARA
 ESTAREM NAS RUAS DIA 15 /03 /2015 PARA
DEFENDEREM O IMPEACHMENT DELA
Links Patrocinados

MAIS MOTIVOS PARA O IMPEACHMENT DE DILMA....

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Mentiras do primeiro mandato de Dilma podem custar PIB de menos 2%, inflação de 7,3% e Selic de 12,75% em 2015.

Em reunião na sexta-feira com vários economistas de consultorias
 e instituições financeiras, o diretor de Política Econômica do Banco Central
, Luiz Awazu Pereira, 
a deterioração de expectativas sobre a situação econômica do país 
de forma mais contundente. 
 Ele ouviu um cenário bastante pessimista para este ano, 
com projeções que foram de queda de 0,5% a recuo de 2% para o PIB, 
devido a possíveis racionamentos de água e de energia,
 efeitos da crise da Petrobras sobre a atividade e a perspectiva de maior aperto monetário e fiscal.  
O primeiro mandato de Dilma está destruindo os próximos anos.
(Valor Econômico) Os analistas do mercado financeiro 
reduziram ainda mais suas expectativas para o desempenho do Produto Interno Bruto (PIB) 
neste ano e novamente elevaram as projeções para a inflação
 diante de preços administrados mais presionados.
Eles agora esperam retração de 0,50% na atividade econômica neste ano,
 de queda de 0,42% na semana anterior. Foi a oitava revisão consecutiva para baixo.
 A mediana das estimativas para 2016 seguiu em expansão de 1,50%.
 As projeções estão no boletim Focus, do Banco Central. 
As apostas para o desempenho da produção industrial em 2015 
tiveram ligeira melhora, de queda de 0,43% para recuo de 0,35%,
 mas para o ano que vem elas foram reduzidas de crescimento de 2,45% para 2%.

Quanto à inflação, a expectativa do mercado continua a se deteriorar.
 Espera-se agora uma alta de 7,33% no Índice Nacional
 de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em 2015, de 7,27%
 previstos na semana anterior. 
A previsão para os itens administrados acompanha 
essa alta e agora está em 10,4%, de 10% antes.

A mediana das estimativas para fevereiro teve ligeira alta, 
de 1,02% para 1,04%, enquanto a expectativa para 12 meses
 à frente cedeu um pouco, de 6,56% para 6,55%. 
As apostas para a Selic continuaram as mesmas: 12,75%. 
Atualmente, a taxa básica de juros está em 12,25% ao ano.

sábado, 21 de fevereiro de 2015

O FIM ESTA PRÓXIMO..VEJAM AQUI

21/02/2015
às 11:52 \ Brasil, Cultura

Que se feche o PT: revelações de empreiteiro demolem Lula, Dilma, Dirceu, Cardozo, Wagner, Delúbio, Gabrielli…

Capa Veja Pessoa
O engenheiro baiano Ricardo Pessoa, dono da construtora UTC
e coordenador do cartel de empreiteiras no esquema de corrupção da Petrobras,
 fez chegar à VEJA um resumo do que está pronto a revelar
 à Justiça caso
seu pedido de delação premiada seja aceito:
1) O esquema organizado de cobrança de propina na Petrobras
foi montado em 2003, no governo de Luiz Inácio Lula da Silva,
 então amigo do empreiteiro. O operador era o tesoureiro do PT Delúbio Soares,
 réu do mensalão.
2) A UTC financiou clandestinamente as campanhas do hoje ministro da Defesa,
 Jaques Wagner, ao governo da Bahia em 2006 e 2010.
 A campanha de Rui Costa, em 2014, também foi financiada
 com dinheiro desviado da Petrobras.
3) A empreiteira ajudou o ex-ministro e mensaleiro petista José Dirceu
a pagar despesas pessoais a partir de simulação de contratos de consultoria.
 Dirceu recebeu 2,3 milhões de reais da UTC somente porque o PT mandou.
4) O presidente petista da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, sempre soube de tudo.
5) Em 2014, a campanha de Dilma Rousseff e o PT receberam
da empreiteira 30 milhões de reais desviados da Petrobras.
Ricardo Pessoa pode demonstrar que esse dinheiro saiu ilegalmente da estatal,
 através de contratos superfaturados, e testemunhar que o partido conhecia a origem ilícita. Também pode contar que o esquema de propinas foi montado pelo PT
com o objetivo declarado de financiar suas campanhas eleitorais.
O presidente do BNDES (mantido no cargo), Luciano Coutinho,
avisou Pessoa que o tesoureiro de Dilma, Edinho Silva, o procuraria
 para pedir dinheiro, conforme VEJA revelou três semanas atrás.
Pessoa confirma que deu mais 3,5 milhões de reais à campanha presidencial
 petista após ser procurado por Edinho e a revista acrescenta agora
que a conversa entre eles teve duas testemunhas.
6) O suposto ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo,
ciente de que Pessoa estava prestes a denunciar Lula, Dilma e Dirceu,
 procurou os advogados do empreiteiro, e o acordo de delação
 premiada que ele negociava com os procuradores da Operação Lava Jato foi suspenso.
Ao contrário do que pregam OAB, Kennedy Alencar, Ricardo Noblat e o próprio ministro,
 as reuniões secretas não partiram dos advogados, mas sim de Cardozo,
 disposto a cometer qualquer tipo de abuso para obstruir o inquérito.
Não duvido que o pacote de acenos do governo tenha incluído ainda a
 possibilidade de remodelar a pena do dono da UTC nos tribunais superiores
 para colocá-lo em prisão domiciliar o mais cedo possível.
Em suma: se Ricardo Pessoa, em vez de ceder à pressão petista,
 denunciar à Lava Jato toda essa máfia infiltrada na máquina pública,
 e se os investigadores conseguirem demonstrar item por item, então
o impeachment de Dilma na base legal do artigo 85, inciso 5,
ou a cassação de seu mandato na da lei federal nº 9.504 são muito
 pouco para o bem do Brasil: o PT tem de ser extinto e os mandantes
do esquema têm de apodrecer atrás das grades.
Lula-tchau
Tchau, hein!
* Lista de textos recentes do blog: AQUI.

BABADOS DO BLOG...OS SEGREDOS DO EMPREITEIRO...Encontros secretos de Cardozo: Ofensiva da corrupção contra a democracia





PORQUE QUEREMOS EXTERMINAR O PETISMO

 E SEUS SEGUIDORES DO BRASIL 

OS SEGREDOS DO EMPREITEIRO 

AS LIGAÇÕES ´PERIGOSAS DO PETISMO 

,COMO CRIME E A SAFADEZA

O EMPREITEIRO VAI REVELAR

 QUE DILMA E LULA ESTÃO NA MERDA



AS EMPREITEIRAS E LULA,,

Empreiteiras da Lava Jato pedem socorro a Lula e cobram interferência política

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e seu sócio Paulo Okamotto,
 presidente do Instituto Lula, têm recebido pessoalmente desde o fim do ano
 passado emissários de empreiteiros que são alvo da Operação Lava Jato.
 Preocupados com as prisões preventivas em curso e com as consequências financeiras das investigações, executivos pedem uma intervenção política de Lula
para evitar o colapso econômico das empresas.
Okamotto admitiu ter recebido “várias pessoas” de empresas investigadas na Lava Jato.
O jornal O Estado de S. Paulo ouviu relatos de interlocutores segundo os quais,
 em alguns momentos, empresários chegaram a dar um tom de ameaça às conversas.
 No fim do ano passado, João Santana, diretor da Constran,
 empresa do grupo UTC, agendou um encontro com Lula –
o presidente da UTC, Ricardo Pessoa, foi preso pela Lava Jato
e é apontado como coordenador do cartel de empreiteiras que atuava na Petrobrás.
Santana foi recebido por Okamotto. A conversa foi tensa.
A empreiteira buscava orientação do ex-presidente.
 Em 2014,
 a UTC doou R$ 21,7 milhões para campanhas do PT – R$ 7,5 milhões
 em apoio à reeleição da presidente Dilma Rousseff.
 Indagado sobre o encontro com o diretor, Okamotto
admitiu o pedido de socorro de Santana.
“Ele queria conversar, explicar as dificuldades
que as empresas estavam enfrentando. Disse:
 ‘Você tem de procurar alguém do governo’”, contou o presidente do Instituto Lula.
“Ele estava sentindo que as portas estavam fechadas,
 que tudo estava parado no governo, nos bancos.
 Eu disse a ele que acho que ninguém tem interesse em prejudicar as empresas.
Ele está com uma preocupação de que não tinha caixa,
que tinha problema de parar as obras, que iria perder,
 que estava sendo pressionado pelos sócios, coisa desse tipo”, disse Okamotto.
A assessoria de imprensa da Constran nega o encontro.
A força-tarefa da operação prendeu uma série de executivos
 de empreiteiras em 14 de novembro, na sétima fase da Lava Jato.
 Um deles era o presidente da OAS, Léo Pinheiro.
Antes de ser preso, ele se encontrou com Lula
para pedir ajuda em função das primeiras notícias sobre
o conteúdo da delação premiada do ex-diretor da Petrobrás Paulo Roberto Costa
que implicavam sua empresa.
 Lula e Pinheiro são amigos desde a época de sindicalista
do ex-presidente petista, que negou ter mantido conversas
sobre a Operação Lava Jato com interlocutores das empresas.

Estratégias comuns
A cúpula das empreiteiras também tem feito reuniões
entre si para avaliar os efeitos da Lava Jato.
Após a prisão dos executivos, o fundador da OAS,
 César Mata Pires, procurou Marcelo Odebrecht,
dono da empresa que leva seu sobrenome,
para saber como eles haviam se livrado da prisão até agora.
Embora alvo de mandados de busca e de um inquérito da Polícia Federal,
 a Odebrecht não teve nenhum executivo detido na Lava Jato.
Conforme relatos de quatro pessoas, Pires disse que as duas empresas
 têm negócios em comum e que a OAS não assumiria sozinha
as consequências da investigação.
Ele afirmou ao dono da Odebrecht não estar preocupado
 em salvar a própria pele, porque já havia vivido bastante.
Mas não iria deixar que seus herdeiros ficassem com uma empresa
destruída por erros cometidos em equipe.
A assessoria de imprensa da Odebrecht disse que houve
vários encontros entre as duas empresas, mas que nenhum
“teve como pauta as investigações sobre a Petrobrás em si”.
O departamento de comunicação da OAS nega a reunião com a Odebrecht.
Em consequência da Operação Lava Jato,
as empreiteiras acusadas de fazer parte do “clube”
 que fraudava licitações e corrompia agentes públicos
 no esquema de corrupção e desvios na Petrobrás
estão impedidas de participar de novos contratos com a estatal.
Com isso, algumas enfrentam problemas financeiros,
 o que tem tirado o sono dos donos dessas empresas.
 No dia 27 de janeiro, Dilma fez um pronunciamento
no qual disse que “é preciso punir as pessoas”, e não “destruir empresas”.

Críticas
A tentativa de empreiteiras envolvidas na Lava Jato
de pedir ajuda a agentes políticos já foi condenada pelo juiz Sérgio Moro
– responsável pela operação – ao se referir aos encontros de advogados
das empresas com o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo.
“Trata-se de uma indevida, embora malsucedida tentativa dos acusados
e das empreiteiras de obter interferência política em seu favor no processo judicial
 (…) certamente com o recorrente discurso de que as empreiteiras e os acusados são muito importantes e bem relacionados para serem processados”, criticou o juiz.

Fonte: Folha Política

Deixe seu comentário

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

A PROCISSÃO DA QUARESMA PETISTA..BABADOS DAS EMPREITEIRAS ..AGORA ESTÃO CASSANDO LULA

Empreiteiros corruptos procuram Lula. Ele sabe de tudo.

Lula e seu assecla "japonês".
Há uma verdadeira procissão de empreiteiros no Instituto Lula,
 presidido por Paulo Okamoto, sócio do tiranete.
 Alô, redações, não tem ninguém aí para fazer uma entrevista séria com Lula? 


Preocupados com as prisões preventivas em curso 
e com os desdobramentos da Lava Jato, empreiteiros alvos da operação
 têm cobrado do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva 
uma intervenção política para evitar o colapso econômico de suas empresas. 
Desde o fim do ano passado, quando foi deflagrada a sétima fase da Lava Jato,
 emissários dos executivos têm se encontrado pessoalmente com Lula 
e com o seu sócio, Paulo Okamotto, presidente do Instituto Lula,
 para tratar dos impactos financeiros da operação 
que investiga um esquema de corrupção na Petrobras.

Okamotto admitiu ter recebido "várias pessoas" de empresas 
investigadas na Lava Jato. Interlocutores relataram que as conversas foram tensas 
e que, em alguns momentos, chegaram a ter tons de ameaça
 por parte dos empreiteiros. No fim do ano passado, 
João Santana, diretor da Constran, empresa do grupo UTC,
 agendou um encontro com Lula — 
o presidente da UTC, Ricardo Pessoa, 
foi preso pela Lava Jato e é apontado como coordenador 
do cartel de empreiteiras que atuava na Petrobras.

Recebido por Okamotto, Santana buscava orientação 
do ex-presidente sobre o futuro da empresa.
 Em 2014, a UTC doou 21,7 milhões de reais 
para campanhas do PT — R$ 7,5 milhões em apoio à reeleição
 da presidente Dilma Rousseff. 
 Indagado sobre o encontro com o diretor,
 Okamotto admitiu o pedido de socorro de Santana. 
"Ele queria conversar, explicar as dificuldades 
que as empresas estavam enfrentando. Disse:
 ‘Você tem de procurar alguém do governo’"
, relatou o presidente do Instituto Lula.

"Ele estava sentindo que as portas estavam fechadas,
 que tudo estava parado no governo, nos bancos.
 Eu disse a ele que acho que ninguém tem interesse 
em prejudicar as empresas. 
Ele está com uma preocupação de que não tinha caixa, 
que tinha problema de parar as obras, que iria perder,
 que estava sendo pressionado pelos sócios, coisa desse tipo",
 disse Okamotto. 
A assessoria de imprensa da UTC/Constran negou o encontro.
 "Nenhum executivo da empresa jamais
 marcou reunião ou manteve encontro com o presidente Lula 
com o senhor Paulo Okamotto para tratar de assuntos relativos
 à Operação Lava Jato", informou a assessoria da empresa.

A força-tarefa da Lava Jato prendeu uma série de executivos
 de empreiteiras no dia 14 de novembro, 
quando foi deflagrada a sétima fase da operação. 
Um deles era o presidente da OAS, Léo Pinheiro.
 Antes de ser preso, ele se encontrou com Lula 
para pedir ajuda em função das primeiras notícias sobre 
o conteúdo da delação premiada do ex-diretor da Petrobras 
Paulo Roberto Costa que implicavam sua empresa. 
Lula e Pinheiro são amigos de longa data.

O ex-presidente Lula também negou ter se encontrado
 com executivos das empreiteiras envolvidas no petrolão. 
"Muitas pessoas, de diversos setores, procuraram o ex-presidente Lula, 
que hoje não possui nenhum cargo público",
 informou a assessoria do instituto, ressaltando 
que Lula não recebeu empreiteiros nem pedidos de reuniões.

Entre si - A cúpula das empreiteiras também tem feito 
encontros entre si para avaliar os efeitos da Lava Jato.
 Após a prisão dos executivos, o fundador da OAS, 
César Mata Pires, procurou Marcelo Odebrecht,
 dono da empresa que leva seu sobrenome, 
para saber como eles haviam se livrado da prisão até agora. 
Embora alvo de mandados de busca e de um inquérito na Polícia Federal,
 a Odebrecht não teve nenhum executivo detido na Lava Jato.

Conforme relatos de quatro pessoas,
 Pires disse que as duas empresas têm negócios em comum 
e que a OAS não assumiria sozinha as consequências da investigação.
 Ele afirmou ao dono da Odebrecht não estar preocupado 
em salvar a própria pele, porque já havia vivido bastante. 
Mas não iria deixar que seus herdeiros ficassem com uma
 empresa destruída por erros cometidos em equipe.
 A assessoria de imprensa da Odebrecht disse que houve 
vários encontros entre as duas empresas, mas que 
nenhum "teve como pauta as investigações sobre a Petrobras em si".
 A assessorIa da OAS "refutou veemente" 
que houve uma reunião com a Odebrecht.

Como resultado da Operação Lava Jato, 
as empreiteiras acusadas de fazer parte do "clube" 
que fraudava licitações e corrompia agentes públicos
 no esquema de corrupção e desvios na Petrobras estão impedidas 
de participar de novos contratos com a estatal. 
Por causa disso, algumas têm enfrentando problemas financeiros.

A tentativa de empreiteiras envolvidas na Lava Jato 
de pedir ajuda a agentes políticos já foi condenada pelo juiz Sérgio Moro
 - responsável pela operação - ao se referir aos encontros de advogados 
das empresas com o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo.
"Trata-se de uma indevida, embora malsucedida tentativa 
dos acusados e das empreiteiras de obter interferência política 
em seu favor no processo judicial (...) certamente 
com o recorrente discurso de que as empreiteiras 
e os acusados são muito importantes 
e bem relacionados para serem processados", disparou o juiz. (Veja.com).

Um comentário:

Anônimo disse...
Esse Sr tem que ser preso e passar o resto dos dias na cadeia .

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

BABADOS FORTES DA BEIJA FLOR,,DINHEIRO DE EMPREITEIRAS VIA LULA FINANCIANDO O CARNAVAL JUNTO COM DITADOR

  BABADOS FORTES NA BEIJA FLOR.

EMPREITEIRAS DA LAVA JÁTO,

 INVESTIRAM EM DESFILE ,

VIA LULA E DITADOR DA GUINÉ EQUATORIAL

Ditador diz que quem pagou a conta da Beija-Flor

 foram as empreiteiras.

 Sugestão à imprensa: entrevistem Lula.

Carnaval da corrupção.
Entre as generosas doadoras da escola de samba que homenageou o ditador da Guiné Equatorial está a Odebrecht, patrocinadora de palestras de Lula, que esteve na Guiné em 2011 como representante do governo brasileiro - curiosamente, na comitiva com gente da empreiteira. Alô, imprensa, que tal fazer algumas perguntinhas ao tiranete?


O governo da Guiné Equatorial negou nesta quinta-feira
 que tenha patrocinado a Beija-Flor, que venceu o carnaval 
com um enredo em homenagem ao país.
 Em nota, o ministro da Informação,
 Imprensa e Rádio, Teobaldo Nchaso Matomba, 
afirmou que a iniciativa do patrocínio partiu de “empresas brasileiras”.
 O governo não citou nomes, mas, na quinta-feira,
 durante as comemorações pelo título na quadra da escola,
 integrante da comissão de carnaval da escola, 
citou Queiroz Galvão, Odebrecht e grupo ARG 
como patrocinadores do enredo.

“A iniciativa de realizar esta homenagem à Guiné Equatorial 
não partiu do governo e nem da Presidência da República. 
É uma iniciativa que surgiu das empresas brasileiras
 que operam na Guiné Equatorial, em conjunto com a Beija-Flor.
 Uma iniciativa que apoiamos”, diz a nota.

Segundo o governo, os ministérios da Informação,
 Imprensa e Rádio e da Cultura e Turismo forneceram materiais
 e informações sobre a arte e cultura do país. 
O contrato assinado entre a Beija-Flor 
e o ministério da Cultura e Tursimo do país africano 
cita um aporte de R$ 10 milhões para a escola, 
 mas não informa a origem do dinheiro.

Por fim, a nota parabeniza a vitória da Beija-Flor 
e afirma que o governo da Guiné Equatorial 
espera que o sucesso incentive outros países africanos
 a participar do carnaval brasileiro.

ODEBRECHT NEGA PATROCÍNIO

Também em nota divulgada nesta quinta-feira, 
a Odebrecht negou que tenha patrocinado o enredo da Beija-Flor.
 A empreiteira afirmou ainda que sequer realizou obras na Guiné.

“A Odebrecht não patrocinou o desfile do Grêmio Recreativo
 Escola de Samba Beija-Flor, do Rio de Janeiro.
 A Odebrecht esclarece ainda que nunca realizou obras na Guiné Equatorial.
 A empresa chegou a manter um pequeno escritório 
de representação no país africano,
 mas ele foi desativado em 2014”, diz a nota.

Em 2011, segundo a “Folha de S. Paulo”, 
o diretor de relações institucionais da Odebrecht, 
Alexandrino Alencar, integrou a comitiva de uma viagem do governo brasileiro à Guiné. Na ocasião, o representante oficial da delegação brasileira,
 designado pela presidente Dilma Rousseff, foi o ex-presidente Lula.

O carnavalesco da Beija-Flor citou ainda a Queiroz Galvão 
— que, assim como a Odebrecht, 
está envolvida nas denúncias da Operação Lava-Jato —
 e o grupo ARG como financiadores do carnaval.
 Procurada, a Queiroz Galvão afirmou que vai se posicionar durante o dia. 
Em seu site oficial, o grupo ARG afirma que atua na Guiné desde 2007 
e destaca a execução de duas obras rodoviárias no país:
 entre as cidades de Añisok e Oyala e a ligação
 entre Oyala e Mongomeyen. Segundo a empresa, 
as estradas vão ligar Bata, 
a segunda maior cidade do país, a Gabão e Camarões. 
 Procurado por e-mail, o grupo ARG ainda não respondeu. (O Globo).
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...