PRAIA DE ITAPARICA,VILA VELHA ,ES,BR

PRAIA DE ITAPARICA,VILA VELHA ,ES,BR
ENTARDECER NA PRAIA DE ITAPARICA,VILA VELHA,ES,BR

SERGIO DE MATOS Headline Animator

quinta-feira, 8 de outubro de 2015

LULA JÁ MANDOU O SENHOR DILMATÃO RENUNCIAR E VAZAR

 LULA JÁ MANDOU 
O SENHOR DILMATÃO 
RENUNCIAR O SENHOR 
ESTA ESPERANDO O QUE?
08 de Outubro de 2015
 Conversa dura
Há duas semanas, Lula conversou com Dilma
 e disse que ela estava ameaçada de ficar sem base para enfrentar o impeachment
  e que, dependendo das circunstâncias, seria obrigada a renunciar. 
E teria lhe dado um ultimato: entregar para ele
 a articulação do governo (ou mais do que isso) ou ficar
 sem condições de governar.
 Lula teria usado palavras duras,
 diretas e a Chefe do Governo chorado muito. 
Mesmo assim, resolveu capitular.
 E o ex-presidente lhe garantiu que conseguiria virar o jogo.
 Quem viver, verá.
Além das “pedaladas fiscais”, que configuram crime financeiro,
 as contas da presidente Dilma Rousseff revelaram, entre vários absurdos, 
a abertura de créditos suplementares por meio de decreto. 
Esse tipo de providência somente pode ser adotada 
com prévia aprovação do Congresso Nacional. 
O decreto deixa Dilma vulnerável à acusação
 de crime de responsabilidade por usurpar prerrogativas do Legislativo.
 
“Nessa reforma, o governo
 distribuiu camarotes no Titanic,
 em vez de mudar o rumo do navio. 
Só que, quando o navio afundar,
 vão todos pular do barco.”
Romero Jucá, senador (PMDB-RR)
 sobre as mudanças no ministério.
FESTANÇA DOS MILICOS COM O COMUNA
Com festa
O único ministro que tomará
 posse com festa é Aldo Rebelo,
 novo titular da Defesa:
 será hoje, no Clube Naval,
 em Brasília, com a presença
 dos comandantes das Forças Armadas
 e muitos generais que têm boas relações com ele. 
O decreto abrindo crédito suplementar também
 configura ofensa à Constituição, à legislação ordinária
 e à independência dos Poderes.
Além das “pedaladas”, operações de crédito,
 dívidas não autorizadas, omissão de despesas
, etc podem inspirar pedidos de impeachment.
“Ela cai hoje”, afirmou ontem um conhecido jurista,
 antes do julgamento do TCU, 
perplexo com as barbaridades nas contas de Dilma.
O trabalho dedicado de 14 auditores do TCU 
apurou que o governo Dilma gastou como quis, 
sem amparo legal, mais de R$ 106 bilhões.
Dilma chegou bem disposta à abertura do Congresso da Abert
, terça (6) à noite em Brasília, mas o sorriso sumiu quando, 
já no palco, um assessor se aproximou e contou ao seu ouvido
 que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) havia sacramentado 
a decisão de investigar a denúncia de dinheiro roubado
 da Petrobras em sua campanha.
 Ela desabou: empalideceu, abaixou a cabeça,
 fechou a cara e ficou meio aérea.
Chamada a discursar no evento da Abert, 
ainda desnorteada, Dilma fez discurso em que não disse
 coisa com coisa. Depois, bateu em retirada.
 







 

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...