PRAIA DE ITAPARICA,VILA VELHA ,ES,BR

PRAIA DE ITAPARICA,VILA VELHA ,ES,BR
ENTARDECER NA PRAIA DE ITAPARICA,VILA VELHA,ES,BR

SERGIO DE MATOS Headline Animator

sábado, 16 de maio de 2015

Ricardo Pessoa delatou gráfica fantasma da campanha de Dilma Rousseff e avisou: “Não vou poupar ninguém”

16/05/2015
às 7:25 \ Brasil, Cultura

Ricardo Pessoa delatou gráfica fantasma da campanha de Dilma Rousseff 

e avisou: “Não vou poupar ninguém”

ricardo-pessoa-lava-jato-size-598
Ricardo Pessoa delatou a VTPB.
A gráfica fantasma de Beckembauer Rivelino, irmão do jornalista Kennedy Alencar,
 foi usada para lavar propina do esquema de corrupção da Petrobras,
 segundo o empreiteiro.
Ele também avisou: “Não vou poupar ninguém”.
A reportagem da IstoÉ desta semana informa:
“Uma das pistas reveladas por Pessoa atinge diretamente a campanha de Dilma
e sua contabilidade.
Aos procuradores, o dono da UTC teria indicado que parte dos R$ 26,8 milhões
 que o PT pagou a VTPB Serviços Gráficos e Mídia Exterior teve origem no Petrolão.
Só a campanha de Dilma injetou na VTPB quase R$ 23 milhões,
dinheiro que daria para imprimir 368 milhões de santinhos do ‘tipo cartão’,
 modelo descrito nas notas fiscais anexadas à prestação de contas.
O montante é duas vezes e meia o total de eleitores habilitados no País.”
Não é maravilhoso? O PT paga o suficiente para imprimir material
 de campanha para dois Brasis e meio, e quer quer que você acredite
que o objetivo era mesmo imprimi-lo.
Edinho Dilma Lula
Dilma Rousseff, Edinho Silva e Lula: preocupadíssimos
Tem mais:
“Em suas conversas com os procuradores,
Pessoa afirmou que a gráfica foi usada para que dinheiro fruto do Petrolão
chegasse à campanha petista como se fosse uma doação oficial.
Com isso, endossou a tese de investigadores da Lava Jato sobre
a possibilidade de o caixa oficial da campanha ter sido ferramenta
 para lavar dinheiro de corrupção.”
Por fim:
“A suspeita sobre o uso da VTPB levou o vice-presidente do TSE,
 o ministro Gilmar Mendes, a oficiar a Procuradoria Geral da República,
a Receita Federal, a Secretaria de Fazenda de São Paulo
e o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf).
Em seu despacho, Gilmar alegou ‘indícios de irregularidades’
 nas contas da ‘gráfica fantasma’.
A iniciativa, que agora terá o apoio do Ministério Público,
 servirá para rastrear a origem do dinheiro e seu destino final, saber se a UTC
 bancou diretamente os custos de impressão dos santinhos
 ou se o dinheiro passou pela conta do PT, e se os serviços foram realmente prestados.
Em suas delações, Pessoa detalha a participação do ex-tesoureiro de Dilma
e atual ministro Edinho Silva no esquema.”
Acrescento:
O governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão,
 comentou com os mais próximos, segundo a coluna Radar,
que Dilma Rousseff estava distante, preocupada e nada sorridente
 durante o almoço oferecido pelo prefeito Eduardo Paes.
De fato, ela tem todos os motivos para estar assim.
Felipe Moura Brasil ⎯ http://www.veja.com/felipemourabrasil
Siga no Twitter, no Facebo

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...