PRAIA DE ITAPARICA,VILA VELHA ,ES,BR

PRAIA DE ITAPARICA,VILA VELHA ,ES,BR
ENTARDECER NA PRAIA DE ITAPARICA,VILA VELHA,ES,BR

SERGIO DE MATOS Headline Animator

segunda-feira, 9 de março de 2015

DILMA SERVIRÁ VACA ATOLADA EM JANTAR PARA OS LACAIOS HOJE 09/03/2015 A NOITE EM BRASILIA

09/03/2015 19h22 - Atualizado em 09/03/2015 19h44

Dilma oferecerá jantar a líderes do PT no Palácio da Alvorada,

CARDÁPIO:

SERÁ SERVIDO VAGA ATOLADA

Encontro é parte de série de reuniões que presidente terá com partidos.
Na semana passada, ela recebeu parlamentares e ministros do PMDB.

Em meio a gestos para mostrar à base aliada que deseja se aproximar dos aliados,
 a presidente Dilma Rousseff oferecerá jantar nesta segunda-feira (9) a deputados,
 senadores e ministros do PT no Palácio da Alvorada, residência oficial da Presidência, em Brasília.
A reunião faz parte de uma série de encontros semanais que ela passará a ter com partidos que compõem o governo, conforme anunciou na semana passada o vice-presidente da República, Michel Temer. Presidente nacional do PMDB, ele afirmou, após jantar de Dilma com a cúpula da legenda, que o encontro serviu para “solidificar” a relaçãoentre o partido e o Planalto. Foram convidados para o jantar desta segunda os líderes da legenda no Congresso,
 como o deputado Sibá Machado (AC) e o senador Humberto Costa (PE),
 além do líder do governo na Câmara, José Guimarães (CE).
 Os ministros  do partido também foram chamados.
 Entre eles, Aloizio Mercadante (Casa Civil) e Pepe Vargas (Relações Institucionais).
Na tentativa de se aproximar do Congresso, a presidente
 também passou a receber no Palácio do Planalto líderes da base aliada na Câmara e no Senado.
Na tarde desta segunda, ela se reuniu com senadores e este foi
o segundo encontro em um intervalo de cinco dias.
A série de encontros começou um dia antes de o presidente do Congresso,
 senador Renan Calheiros (PMDB-AL), devolver ao governo a MP 669/2015,
que trata da desoneração da folha de pagamento das empresas.
 A fim de garantir a aprovação da proposta,
 o Planalto reenviou o texto como projeto de lei, com regime de urgência.
Na semana passada, após participar de reunião com Dilma e outros deputados,
 o líder do governo na Câmara, José Guimarães, negou que haja crise na base aliada.
O deputado afirmou, porém, que o momento é de “pacificação”
das relações entre o Planalto e o Congresso.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...