PRAIA DE ITAPARICA,VILA VELHA ,ES,BR

PRAIA DE ITAPARICA,VILA VELHA ,ES,BR
ENTARDECER NA PRAIA DE ITAPARICA,VILA VELHA,ES,BR

SERGIO DE MATOS Headline Animator

quinta-feira, 2 de abril de 2015

,,PORQUE O BRASIL QUER O IMPEACHMENT DE DILMA


Está explicado o abatimento de Dilma na posse do ministro Edinho Silva (Comunicação Social): ela já sabia da devastadora pesquisa CNI/Ibope indicando que 78% dos brasileiros desaprovam seu governo
Das áreas do governo avaliadas pela pesquisa CNI/Ibope, o combate ao desemprego foi o calcanhar de Aquiles. A avaliação positiva despencou 23%.
 O combate à fome segue a lista, com queda de 21%.
Justiça cara – 1
O Supremo Tribunal Federal deverá custar cerca de R$ 1,7 milhão por dia neste ano
 e o aumento está diretamente relacionado ao pagamento de salários e benefícios.
 No começo do ano, Dilma Rousseff sancionou lei que aumentou de R$ 29,4 mil para R$ 33,7 mil
os salários dos ministros da Alta Corte,
 uma majoração de 14,6%
e vigorando desde janeiro.
A previsão de gastos com
 “pessoal e encargos sociais”
 subiu de R$ 324,1 milhões para R$ 349,1 milhões
em 2015. No total, o orçamento do tribunal
será de R$ 603,8 milhões.
 Para quem não sabe:
 cada ministro tem direito a 256 funcionários.
Justiça cara – 2
O custo diário do Supremo é muito menor que o do Congresso, o que não acontece
se for considerado o valor do Judiciário:
 o orçamento para 2015 chega a R$ 38,4 bilhões, equivalente a R$ 105,2 milhões
por dia ou R$ 4,4 milhões por hora.
02 de Abril de 2015
Empresas enroladas no assalto à Petrobras, como OAS, Odebrecht 
e Queiroz Galvão, ganharam do BNDES dezenas de financiamentos 
de obras no exterior. Somente as vinte principais obras
 totalizam US$ 8,5 bilhões (R$ 27 bilhões).
 A “caixa preta” do BNDES guarda os segredos desse esquema engenhoso,
 que transfere recursos do Tesouro para empreiteiras sem licitação 
e até sem autorização do Senado Federal
Basta o país contratar empreiteira brasileira e o BNDES paga a obra,
 com direito a 20 anos de carência, contrato secreto e juros irrisórios.
O país com obra financiada pelo BNDES não vê a cor do dinheiro
, que é pago diretamente à empreiteira amiga que realiza o serviço.
Órgãos de controle do Brasil não têm prerrogativa
 de fiscalizar obras no exterior, por isso não há 
como conferir o serviço das empreiteiras.
A maioria dos países “financiados” por meio do BNDES
 têm governos autoritários e não têm órgão de controle, como Tribunal de Contas.
Os déficits de R$ 5,6 bilhões no fundo de pensão da Caixa (Funcef)
 e R$ 1,2 bilhão no do BNDES (Fapes) deixaram empregados 
em alerta para aumento na contribuição para cobrir o rombo,
 assim como ocorre nos Correios com o Postalis. Pela regra,
 o fundo deve ser equacionado quando apresentar déficit 
por três anos consecutivos ou se representar 10% dos ativos.
 No Funcef, o valor chega a 10,33% e 11% no Fapes.
O Petros, da Petrobras, segue pelo mesmo caminho 
dos demais e já contabilizava déficit de R$ 5,5 bilhões, 
equivalente a 8% do patrimônio.
A situação no Postalis é também ruim, pois o déficit de R$ 5,6 bilhões
 é maior que os ativos avaliados em R$ 5 bilhões.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...